19 de junho de 2011

Claire, serás mesmo tu?

(...)
- Tenho de ir.
- Quando o tempo voa, apetece-me cortar-te as asas pequeno anjo, só para ficares mais um bocadinho junto a mim nesta terra que tornaste céu.

13 comentários:

joana disse...

ai tão bom ler isto.

ines disse...

oh meu deus, és sempre tão doce luisinha

Mariana disse...

é mesmo muito bonita:)

que diálogo lindo!

joana disse...

somos as duas,podes ter a certeza!

ines disse...

nem se pergunta!

Sílvia Macedo disse...

céu é o teu blog, e eu sou anjo que estou cá sempre. as nuvens são as tuas palavras, que nos levam sempre a sonhar nelas. e vaguear...

Sílvia Macedo disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Sílvia Macedo disse...

céu é o teu blog, e eu sou anjo que estou cá sempre. as nuvens são as tuas palavras, que nos levam sempre a sonhar nelas. e vaguear...

Sílvia Macedo disse...

oh sabes que disse com o que de mais sincero há em mim. o teu cantinho faz-me muito bem, acredita.

Mafalda disse...

Desta vez não é a Claire, és tu Emmeline. És tu nestas doces palavras. És tu mesmo que também sejas a Claire. E eu gosto tanto, as tanto de vos (te) ler. É sempre isto: suave e doce.

Abigail disse...

o que post lindo. esta lindo mesmo. muito querido.

carina, disse...

oh que lindo

Rita disse...

uau...
gostei muito disto! adorável diria!
Parabéns!