21 de abril de 2011

01:26h Primeira chamada

- Tu? Porquê agora?
- Estás bem acordado?
- O suficiente, mas porquê?
- Porque a felicidade era o cheiro que todos os dias chegava comigo a casa depois do mar ser nosso. Nascia assim, num pequeno rasgo. O mesmo rasgo que hoje em dia me faz esquecer de ti, e fazer-me aperceber que a felicidade pode ser sublime e harmoniosa se desejada para nós e só depois para a partilharmos.
- ...
- Porque as tuas roupas eram as minhas roupas naquelas noites onde o amor vestia a pele um do outro, mas nem sempre a tua alma era a minha alma. Tanto que os teus passos seguiram outro verão, e o nosso amor morreu na areia, que nem castelos fortes derrubados por ondas frágeis.
- Eu nunca te esqueci.
- Como se pode esquecer alguém que nunca foi bem lembrada?
-...


Fim da chamada

38 comentários:

Lu disse...

"Como se pode esquecer alguém que nunca foi bem lembrada?"

Se a chamada foi real, foi um telefonema bem forte.
Se a chamada não foi real, é um diálogo bem forte, igualmente..

Maria Filipa disse...

minha luisinha isto é lindo <3

Maria Filipa disse...

se soubesses o quanto é bom vir aqui ler-te pequena <3

Maria Filipa disse...

é 110 penso eu *

jo disse...

bem, isto está forte, muito forte!
e aliás, é preciso ser-se forte para terminar uma chamada destas assim!


se a chamada não foi real, digo-te desde já que está fantástico!

jo disse...

a tua inspiração faz-te escrever coisas lindas! adoro mesmo

joana disse...

oh que querida,muito muito obrigada <3 adorei completamente

ana moura disse...

obrigada doçura.
adorei, como sempre. acho impossível não gostar.
um beijo no coração

Mafalda disse...

Isto aconteceu mesmo? Esta tão forte!

Maria disse...

às vezes vejo-me perdida a ler vezes sem conta o que escreves. sinto-me sempre de alma cheia.

ines disse...

foi das coisas mais fortes e mais bonitas que já li, arrepiei-me e luisinha estas de parabens
muitos beijinhos

lá love disse...

está maravilhoso!
e a música é linda, linda *

mariana capante. disse...

adorei *-*

♥ marta. disse...

Está lindo.
É fantástica a maneira como escreves.
Nós todas, somos artistas. Somos uma arte escondida, mas somos muito no Mundo.
Nunca deixes essa tua arte de escrever.

Lu disse...

Uma imaginação que criou algo que podia ser bem real ;)

saraviana disse...

e é assim que se sabe quando uma pessoa é forte ou não. gostei muito :)

a catraia disse...

lindo, uma vez mais. sempre lindo. adoro, luisínha!

Sílvia Macedo disse...

arrepias-me como já te disse, da cabeça aos pés. Sempre com esse coração aberto... Acredita que o teu blog é um abrigo, sinto-me tão mas tão protegida cá**

ana moura disse...

eu estou bem querida, luisinha, eu estou bem! um grande obrigada*

Maria Santos disse...

até parece que o corção bate mais forte, meu deus

Joana disse...

sinto que o meu freddie já morreu, e tenho saudades do meu cook :/

Joana disse...

tenho muito medo de chegar a esse ponto, luisinha, acredita

Maria Santos disse...

sao todas do weheartit! queres que te dê o código para por o código? :)

Joana disse...

já estive tão perto, que não sei se aguento não me partir da próxima vez que cair

Maria Santos disse...
Este comentário foi removido por um administrador do blog.
Joana disse...

eu nem sabia que era possivel cair tantas vezes

lá love disse...

é mesmo o amor :)

Maria Santos disse...

desculpa, nao sei mesmo como te dar o codigo :s

Maria Santos disse...

aceita o pedido e já mando!

Maria Santos disse...

nao te preocupes, quando receberes e aceitares eu nao me esqueço de te mandar :)

Maria Santos disse...

de nada, oh :)

mariana disse...

arrepiei-me. completamente! lindo lindo lindo. real?

Emmeline disse...

quem es? :) não. inspiração.

Mafalda disse...

Digo-te: perfeito!

inês disse...

wow, perfeito :)

lía disse...

obrigada! gosto mesmo muito do teu blogue.

Carolina disse...

olha uma relação prévia minha totalmente explícita neste texto (sniff)
obrigada querida. como sempre, texto divinal c:

catty disse...

tão intenso, perfeito!