21 de outubro de 2012

"palavras não amam"

Então é assim, meu amor. Sabes que não te vou chamar sempre de amor, porque não quero gastar a palavra nem te quero gastar a ti. Porque as palavras não amam, como já ouvi dizer. E sendo assim, sabes que sou do equilíbrio... mas que se precisar de te pedir desculpa, corro os km's que forem precisos, mas caso contrário, se o erro for teu, não darei a mão à palmatória e ficarei o tempo que for preciso a tentar deixar-me ser tua novamente. Porque na verdade, estas viagens de ida e volta têm sempre um senão: a maneira como voltamos. Diferentes, mais apaixonados, iguais e com o mesmo sentimento. Mas se me conheces, sabes que somos sempre mais. E chegam a não haver palavras. Fico tão feliz por isso, porque no dia em que as houver e que tudo elas expliquem... deixamos de fazer sentido pois nada mais precisa de ser descoberto. Ainda bem que somos o que somos. Ainda bem que ainda não precisamos de muitas palavras, pois repito: palavras não amam.

Completamente Claire, completa. 

6 comentários:

Emily disse...

- adoro o teu blog :) sigo, segues de volta? :3

inês disse...

A Claire tem mesmo um brilho teu

Aurora disse...

ÉS MARAVILHOSA

claire disse...

"E chegam a não haver palavras. Fico tão feliz por isso, porque no dia em que as houver e que tudo elas expliquem... deixamos de fazer sentido pois nada mais precisa de ser descoberto." esta completamente claire e completamente mágico

inês disse...

já tinha saudades da claire.. como sempre, cheia de amor

daniela duarte disse...

ohh, que lindo! :)