9 de outubro de 2011

Flutua

Tens de saltar a vida e os seus buracos inesperados. Tens de crescer, encontrar as manhas do destino e do caminho que tens ainda para percorrer sem nunca achares que já as conheces como quem sabe que o sol nasce todos os dias. Tens de te dar, mas guardar-te em todos os momentos. Tens de falar com palavras mudas, e mostrar que amas alguém sem ser preciso gestos excessivos. Tens de ligar aos teus amigos, e descobrir que quem sai da tua vida é porque não merecia fazer parte dela. Tens de ir dar um passeio, e não precisas de ir de mão dada com ninguém. Tens de ser feliz e sorrir num beco sem saída, mesmo que as lágrimas batam à porta vezes sem conta. Tu só tens de ser tu. Não mais ninguém. Nem para ninguém. Tens de te deixar fascinar, sem que ninguém te domine. Flutua... sem cair

20 comentários:

han yong kyo disse...

olha, gostei realmente muito.

mary disse...

mas olha, é um arrepiar bom, não é?:)

carina disse...

oh...escreves tão bem

carina disse...

oh não tens de quê:)

mary disse...

é.. sabe tão bem!

inês disse...

sempre textos inspiradores, adorei

joana disse...

é este teu mundo que me encanta

beatriz disse...

oh ler isto soube tão bem

joanarocha disse...

adoro <3

Mariana disse...

sempre maravilhosa nas palavras

Maria Filipa disse...

está mesmo bonito *

joanarocha disse...

de nada minha doce <3

matilde valentim disse...

vou publicar os teus textos pelas ruas. n sei, mas fascinas-me tanto! lindo lindo lindo

matilde valentim disse...

p.s- sim, um amor de música. obg pela descoberta:D*

Leandra Cunha disse...

para mim? :/

ines disse...

Dito por ti, e tão bem, que mais posso dizer? Ai luisinha

lena disse...

adoro o blog, sigo :O

Taís disse...

Temos que enfrentar as batalhas do dia-a-dia, sem deixar que isso nos magoe.

Lu disse...

" Tens de ir dar um passeio, e não precisas de ir de mão dada com ninguém. Tens de ser feliz e sorrir num beco sem saída, mesmo que as lágrimas batam à porta vezes sem conta. Tu só tens de ser tu. "

Eu podia dizer alguma coisa, mas tu dizes tudo, sweet Lui :)

Ana Mendes disse...

eu adoro de tamanha maneira ler os teus textos acredita :')
sigo!