5 de maio de 2012

hoje é o dia

Hoje é o dia. Para dizeres à tua mãe o que todos os dias te esqueces. Para olhares para o espelho e não somente para o que ele reflecte. Para veres para além da linha que separa aquilo que precisas ou queres, do que realmente tens e fazer com que nisso te orgulhes. Hoje é o dia. Para seres tu, igual a ti próprio. Escutar-te e acreditar em tudo que em ti duvidam. Hoje é o dia. De ser, de um chá a dois, do amanhã em repouso e a cabeça deitada sobre hoje. Porque hoje é o dia se ser para sempre. Faz, e une aos gestos palavras, não para os justificar mas para completar espaços em branco, de folhas soltas sem pontas por onde se lhe peguem. Une a vida, agarra-a e suspira e sê forte, por ti, sê forte. Todos os bocadinhos de hoje te fazem deixar de crer no futuro, porque ele não existe.. não existe. Quando lá chegares, será presente e tão completamente dia para seres feliz para sempre. E sobe, sobe, sobe sem medo. O sonho irá consolar-te nos dias em que os pés mais assentes na terra não poderiam estar. Mas sobe, sobe os degraus. Porque..hoje é o dia

7 comentários:

cláudia disse...

adorei o texto querida! que bonito (:**

Ana Margarida disse...

Gostei imenso, imenso. E sabes? Hoje é o dia.

joana. disse...

Adoro, adoro *-*

joana disse...

AI

inês disse...

Hoje é o dia que deveria ser todos os dias

mary disse...

fizeste-me sorrir

micaela. disse...

lindo, adoro a forma como escreves! sigo *