25 de dezembro de 2011

pedaços sem ser pequenos

(...)
- queres estar aqui?
- apetece-me...
- mas está muito frio.
- se o tempo hoje é mais frio do que o normal, recompensas-me tu sempre presente deste lado da realidade...da nossa realidade
- prometes? prometes que são mais do que palavras? prometes-me pedaços de amor?
- prometo-te,para sempre. sempre amor. sempre tudo. sempre tudo..
(...)

7 comentários:

Beatriz disse...

Lindo, ^^

inês disse...

Sempre tu, Luisinha

Mariana disse...

"sempre tudo.sempre tudo.." fazes as coisas serem tão bonitas aqui

Maria Filipa disse...

esse sempre sabe tão bem *

Incógnita disse...

lovely :)

matilde valentim disse...

esses diálogos são reais? parecem saídos de um livro.. são deliciosos! também quero;D
(q cenaaa. estava a ouvir esta música qnd entrei no teu blog ahah*)

nés, disse...

sempre tanto amor.