7 de abril de 2012

a dançar lições de vida

E eu estou aqui,como um pássaro ou como eu própria - sim, sobretudo como eu própria, a viver este lugar e a oportunidade que me deram de ter este mundo, que tão bem pode ser à minha maneira e moldado com os meus próprios sonhos. Basta desejarmos e isso será meio caminho percorrido, até à utopia que alcançaremos porque a quisemos. Melhor, porque não queremos morrer. Não queremos morrer nos dias sozinhos e frios... frios e sozinhos. Porque eles existem, mas não fazem a nossa vida, não a preenchem nem melhoram. Mas servem para alguma coisa, sim, servem. Para te fazer ver que os dias contrários a esses são tão-tons-de-borboleta -como tu- e nas nuvens eles pairam, os dias, e nas nuvens tu os podes viver, os dias. A vida. O amor. Tudo,ser e sonhar. Sonhar e ser

4 comentários:

Incógnita disse...

não há nada como sonhar..mas por vezes a vida corta-nos as asas e sonhar torna-se algo mais difícil

Brielle disse...

adorei emmeline *

inês disse...

já tinha saudades de passar por aqui.. sempre tão de alma

annie disse...

basta entrar aqui, e voo logo.