14 de abril de 2012

falo-te vida

Está tudo bem, acredita nas minhas mãos quando seguram as tuas enquanto te digo e te conformo que está tudo bem e deixa, por favor deixa, a musicalidade mover-te, até a mim ou até ti próprio. Não te prendas nesse lugar e deixa-nos ser sinceros e viver, porque não há problema e está tudo bem. E não digo perfeito, digo só que está tudo bem. Que a chuva lá fora continua a cair mas não me arrefece o coração. Que mesmo com as nuvens pesadas, pesadas da vida, o sol continua a vir buscar-me, e sabes porque vem?Porque eu quero e acima disso, eu vou com ele. Vem comigo e não te prometo o futuro mas cuido de ti até lá chegarmos, porque em cima de nuvens vivemos e todos os dias elas existem, com muito sol ou com pouca luz. a vida é assim, mas merecemos um sorriso, mais do que ter direito a viver os seus dias. Luta por um sorriso, deixa a felicidade vir buscar-te. Ela não vai mandar um bilhete a avisar o dia em que chegará mas virá com vontade de ficar,e ocupará os bocadinhos em que não esteve. Que os bocadinhos passem e que fiquemos. a Claire a dizer

4 comentários:

inês disse...

começo a repetir-me nos comentários mas isto está inspirador, claire.

Ana Margarida disse...

Que lindo, que lindo.

matilde valentim disse...

oh lord. como éq tu fazes p escrever assim? q adorável! nnc conheci ng q falasse da coisas boas da vida de uma maneira tão doce como tu!
estou deliciada. e espero q alguém passe a ver as coisas como tu, contigo;)*

joana disse...

e este canto que não muda por muito que sinta que tudo está diferente. gosto tanto disto e de ti,sempre a oferecer palavras mesmo que não sejam tão rotineiras