8 de maio de 2011

Domingos

Não me lembro dos domingos serem tão fastidiosos e de sorrisos desprovidos. Muito menos me lembro da vontade que tenho em permanecer bem acordada para não cair na calamidade que seria adormecer contigo no meu pensamento. Mas para cura dos meus males, o emocional diz-me que está tudo bem e que a segunda-feira será mais quente e feliz, no entanto para mal dos meus pecados, que não os tenho, o certo é que a lógica na minha cabeça dispara com sons derradeiros e prepotentes que me deixam… Terrivelmente consciente.

26 comentários:

sarah. disse...

Gostei imenso do blog :)
Vou seguir*
Beijinhos doces!

Catarina disse...

e a tua mae faz mt bem

mariana disse...

nem tenho palavras Luí :)

ines disse...

terrivel consciencia!

ines disse...

muito obrigada luisinha, como já te tinha dito também adoro o teu blog, muitos beijinhos

mariana disse...

não sabia, acho eu. é um bonito diminutivo para o teu nome :)

sarah. disse...

Obrigada querida, o nome da música é: Paramore- Misguided Ghosts

sarah. disse...

Obrigada querida, o nome da música é: Paramore- Misguided Ghosts

sarah. disse...

Obrigada querida, o nome da música é: Paramore- Misguided Ghosts

sarah. disse...

Obrigada querida, o nome da música é: Paramore- Misguided Ghosts

Anniee. disse...

lindo apenas !

Mafalda disse...

Divinal tudo o que escreves, a maneira como colocas as palavras, adoro adoro*

ana moura disse...

mais um doce

carina, disse...

lindo, como sempre!

ana moura disse...

não deixarei querida luisinha

Leandra Cunha disse...

«o emocional diz-me que está tudo bem e que a segunda-feira será mais quente e feliz»
lembra-te que a cada domingo fastidioso segue-se uma segunda-feira quente e feliz; isso muda tudo. lindo lui!

Mafalda disse...

E isso sabes, elogios sabem-nos sempre bem, mas elogios de pessoas que realmente nos prendem, sabes, que "admiramos sem admirar", a escrita que nos toca, esses elogios são sempre mais quentes. Sinto os teus assim: bem quentinhos. Gosto realmente do teu espacinho Emmeline*

Maria disse...

A inspiração anda-me a faltar. Odeio sentir-me assim, tão vazia ao ponto de nada conseguir passar. Mas daqui a nada isto passa, e tudo volta e as saudades de mim vão embora. Acho que um bocadinho de mim se acende sempre que te leio, luisinha.

ana minhalma disse...

adoro as fotografias

Janete Conceição disse...

adorei. sinto-me fugosamente estranha em cada domingo que passa.

Mariana disse...

lindo!

Maria disse...

E pronto, quando menos espero lá regressa a inspiração, vádia, vinda de não sei bem onde. Acho que nunca irei saber. Afinal, sinto que são cada vez menos as pessoas capazes disso - de me inspirar.

Maria disse...

O que me dizes é sempre tão terrivelmente grande para mim. Ohh Luisinha...

Anniee. disse...

e eu gosto sempre dos teus textos :)

Patrícia Costa disse...

grande. muito grande isto.

joana disse...

escreves demasiado bem*